top of page

Eu devo dosar a Serotonina?

Existe relação entre o exame de serotonina no sangue e a Depressão?


A serotonina é conhecida por sua relação com o humor (alguns até a chamam de hormônio da felicidade). Mas você sabia que essa molécula é produzida por diversas outras células, além dos neurônios, e possuem várias funcionalidades? Inclusive 99% de toda nossa serotonina encontra-se no sangue, principalmente ligada às plaquetas, onde ela exerce seu papel na circulação e na ativação plaquetária.


Por conta das teorias iniciais sobre a origem da Depressão, que supostamente seria causada por diminuição da atividade das monoaminas (Serotonina, Noradrenalina e Dopamina), é compreensível que muitas pessoas se perguntem se a dosagem dessas substâncias no sangue poderia auxiliar no diagnóstico dos transtornos mentais. Portanto vou fazer algumas considerações sobre esse assunto: A serotonina no sangue não ultrapassa a barreira do cérebro, ela é produzida principalmente por células intestinais.


Além disso, hoje sabemos que os mecanismos relacionados à origem da Depressão vão muito além da simples redução da concentração dos neurotransmissores nas sinapses. Até existem alguns estudos que correlacionam os níveis de serotonina no sangue com os níveis no sistema nervoso central, mas como eu disse, é uma visão muito simplista e reducionista enxergar a depressão como uma carência desse neurotransmissor.


Mas doutor, então para que existe o exame?


O exame serve justamente para os diagnósticos relacionados às células intestinais que produzem o hormônio, como nos casos de tumores neuroendócrinos. O exame não foi feito para ser utilizado na psiquiatria. Não deve ser utilizado para o diagnóstico de depressão! faltam estudos correlacionando níveis baixos de serotonina no sangue com alterações do humor.



E existe algum exame usado na depressão?


Bom, existem alguns exames que são úteis para descartar doenças com sintomas que podem ''simular uma depressão'', com exames da tireóide, vitamina B12, hormônios sexuais, etc. Porém o diagnóstico psiquiátrico do Transtorno depressivo é baseado nos relatos do paciente e de seus familiares. Não quer dizer que seja uma tarefa simples, na verdade isso dificulta o processo, pois existem diversos transtornos psiquiátricos que se confundem com sintomas depressivos. Inclusive o erro no diagnóstico é uma das principais causas de falha no tratamento.

Commenti


Família tirando uma foto

O que os pacientes dizem

Confira as avaliações de quem está disfrutando de uma saúde mental melhor.

Instagram & Facebook designs _ https___c

Estou enviando esta mensagem para agradecer. Se soubesse que iria melhorar tanto desta ansiedade teria vindo muito antes. Muito obrigado Doutor

Tânia R. M.

Image by NordWood Themes

Obrigado por toda sua atenção Dr. João. Você me deixa muito seguro. Obrigado mesmo!
 
Antônio R. S.

Image by NordWood Themes

Dr  desenvolve um trabalho de excelência. Sempre me senti e me sinto muito acolhida em seu consultório. Já indiquei e indico sem medo de errar.

Fabiana C.

bottom of page